search
for
 About Bioline  All Journals  Testimonials  Membership  News  Donations


Ciência Florestal
Centro de Pesquisas Florestais - CEPEF, Departamento de Ciências Florestais - DCFL, Programa de Pós Graduação em Engenharia Florestal - PPGEF
ISSN: 0103-9954
EISSN: 1980-5098
Vol. 26, No. 4, 2016, pp. 1301-1316
Bioline Code: cf16113
Full paper language: Portuguese
Document type: Note
Document available free of charge

Ciência Florestal, Vol. 26, No. 4, 2016, pp. 1301-1316

 pt RELAÇÕES ENTRE TIPO DE VIZINHANÇA E EFEITOS DE BORDA EM FRAGMENTO FLORESTAL
Blumenfeld, Esther Carone; dos Santos, Rozely Ferreira; Thomaziello, Sueli Aparecida & Ragazzi, Sidnei

Resumo

Os efeitos de borda em fragmentos de floresta constituem a consequência mais significativa da fragmentação promovida pelos usos da terra. Para compreendê-los e manejá-los é necessário um conhecimento mais preciso sobre as influências exercidas pelas diferentes tipologias de uso sobre as fronteiras dos fragmentos florestais. Nessa direção, este estudo identificou e estabeleceu a extensão de efeitos de borda em um fragmento de floresta em relação a diferentes vizinhanças. O trabalho foi realizado na Reserva Florestal do Morro Grande - SP e seu entorno. A região foi mapeada e foram selecionadas três tipologias para estudo dos respectivos efeitos de borda: florestal, urbana e agrícola. A qualificação e a extensão dos efeitos de borda foram obtidas por meio do levantamento em campo de indicadores dos efeitos em transecções de 100 metros, avaliados por análise de variância. O grupo de indicadores abióticos apresentou predomínio de efeitos de borda em profundidades menores que 70 m e foi mais expressivo quando a vizinhança era a ocupação urbana. O grupo de indicadores bióticos se estendeu além dos 100 m e os efeitos foram mais intensos na tipologia agrícola. Pelo método adotado, os melhores parâmetros para análise dos efeitos de borda foram temperatura e diâmetro das árvores.

Palavras-chave
conservação; influência humana; planejamento ambiental

 
 en RELATIONSHIPS BETWEEN NEIGHBORHOODS MATRIX AND THE EDGE EFFECTS IN A FOREST FRAGMENT
Blumenfeld, Esther Carone; dos Santos, Rozely Ferreira; Thomaziello, Sueli Aparecida & Ragazzi, Sidnei

Abstract

The edge effects in forest fragments are one of the more significant consequences of the fragmentation promoted by land uses. To understand and manage them we need accurate knowledge about the influences in different use types on the borders of the forest fragments. In this sense, this study has identified the extent of edge effects in a forest fragment in relation to different neighborhoods. The study was conducted in a Forest Reserve (Reserva Florestal do Morro Grande, SP) and its surroundings. The area was mapped and three types were selected to study their edge effects: forest, urban and agricultural areas. The classification and the extent of the edge effects were obtained through a field survey of border indicators in 100 meters from border to interior. The data were evaluated by analysis of variance. The indicators showed a predominance of abiotic edge effects at depths less than 70m. This effect was more significant when the neighborhood was an urban area. The group of biotic indicators extended beyond the 100 meters and the effects were more intense in an agricultural area. By the method adopted, the best parameters for the analysis of edge effects were temperature and diameter of trees.

Keywords
conservation; human influence; environmental planning

 
© Copyright 2016 - Ciência Florestal
Alternative site location: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/cienciaflorestal/index

Home Faq Resources Email Bioline
© Bioline International, 1989 - 2017, Site last up-dated on 05-Dec-2017.
Site created and maintained by the Reference Center on Environmental Information, CRIA, Brazil
System hosted by the Internet Data Center of Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, RNP, Brazil